Alunos
Candidatos
Thank you! Your submission has been received!
Oops! Something went wrong while submitting the form
Sistema AcadêmicoInscreva-se
Artigo

Entenda o que é a aprendizagem maker e suas vantagens

Artigo

Entenda o que é a aprendizagem maker e suas vantagens

A aprendizagem maker é uma forma envolvente de os alunos adquirirem as habilidades de que precisam para aprender com mais facilidade os conteúdos e, principalmente, ganhar autonomia para ter sucesso pessoal e profissional.

É uma prática que tem tudo a ver com o paradigma da educação ativa, na qual você fica no centro da construção do seu conhecimento, algo essencial para quem está na faculdade!

Vamos entender mais sobre o assunto? Confira, neste post, o que é e aprendizagem maker e quais os benefícios para o ensino superior.

O que é a aprendizagem maker?

A aprendizagem maker é uma forma de aprendizagem ativa (cujo foco é o aluno aprender envolvendo-se ativamente com o processo de ensino). Nesse caso, ela é baseada na realização de projetos digitais e analógicos, além de ser apoiada na educação STEM ― acrônimo para Science, Technology, Engineering e Mathematics (Ciência, Tecnologia, Engenharia e Matemática, em português), que vincula as 4 áreas.

Os projetos de aprendizagem maker utilizam recursos tecnológicos, como computadores, impressoras 3D, aplicativos de smartphones etc., ou os materiais disponíveis (papel, madeira, plástico etc.).

São concebidos por uma equipe multidisciplinar, que é encorajada a pensar um projeto, construí-lo e testá-lo até ser funcional para a comunidade.

Depois disso, os resultados são compartilhados e, em muitos casos, disponibilizados gratuitamente para a sociedade. Esse é o caso dos “softwares open source” ― podem ser baixados gratuitamente, modificados e redistribuídos por qualquer pessoa.

O movimento maker

Faça você mesmo (filosofia do it yourself) é a essência da aprendizagem maker. Tudo começou lá nos anos 1960, quando um grupo de pessoas começou a inventar, construir ou ter ideias que fariam seu dia a dia e o ambiente melhores.

O tempo passou, a tecnologia evoluiu, e o movimento maker solidificou-se no mundo, especialmente após a publicação da primeira Maker Magazine. Trata-se de uma revista norte-americana que trazia projetos envolvendo computação, eletrônica, metalúrgica, robótica, artesania, e muito mais.

A coisa ficou tão grande, que, hoje, acontecem mais de 200 feiras makers no mundo todo, em que os participantes trabalham e apresentam suas criações, muitas das quais acabam sendo replicáveis e viram negócios reais.

Quais são as suas principais vantagens durante a faculdade?

Para que o aluno se torne um profissional competitivo, a faculdade precisa oferecer inúmeras experiências práticas ao longo do curso. Aí, entra a aprendizagem maker. Veja algumas das principais vantagens de ser aplicada na graduação.

Promoção de atividades colaborativas

Trabalhar em equipe é uma das principais competências profissionais exigidas pelo mercado. Quando os projetos são colaborativos, o aluno tem a oportunidade de se reunir em torno de um projeto comum, divertido e criativo, o que ajuda no desenvolvimento de liderança, resiliência, extroversão, comunicação etc.

Ampliação do pensamento crítico e criativo

Senso crítico e criatividade são dois pontos fundamentais para um projeto maker dar certo. Ou seja, não basta repetir o que o professor diz. A execução de seus planos requer um pensamento crítico profundo como uma forma de resolução de problemas.

Tal qual no mercado de trabalho, a aprendizagem maker requer que os alunos olhem para o problema através de uma lente diferente, em vez de serem guiados pelos professores. Isso envolve todas as etapas da ação, do conceito à programação, prototipagem, design e divulgação de informações.

Fixação do conteúdo estudado

Também nos anos 1960, o educador norte-americano Edgar Gale criou a Pirâmide de Aprendizagem, que explica como o estilo de ensino se reflete na absorção dos conteúdos. Para você ter uma ideia, na aprendizagem passiva ― com leituras, palestras ou demonstrações ―, o aprendizado não passa de 30%. Porém, quando o aluno discute, tem atividades práticas, cria e se autoavalia, ele pode aprender até 90%.

A aprendizagem maker é uma ferramenta poderosa para todas as fases da educação. Na faculdade, em especial, faz total diferença até para o surgimento de grandes profissionais e ideias geniais!

Gostou de conhecer o que é a aprendizagem maker? Para ter acesso a mais conteúdos como este, assine já nossa newsletter!

INSCREVA-SE PARA RECEBER NOSSAS NOTÍCIAS

Receba as novidades em seu e-mail

Fique por dentro dos  eventos, notícias e conteúdos da Faculdade Arnaldo.

Thank you! Your submission has been received!
Oops! Something went wrong while submitting the form.