Alunos
Candidatos
Thank you! Your submission has been received!
Oops! Something went wrong while submitting the form
Sistema AcadêmicoInscreva-se
Artigo

Como é trabalhar em Startup? Conheça o dia a dia de quem trabalha em uma

Artigo

Como é trabalhar em Startup? Conheça o dia a dia de quem trabalha em uma

Trabalhar em startup confere diversas vantagens para quem está ingressando no mercado de trabalho. Isso porque, o ambiente é bastante dinâmico, o que possibilita um grande aprendizado em um curto espaço de tempo.

Além disso, são empresas jovens e geralmente ligadas à tecnologia, com espaço para novas ideias e troca de experiências. Ficou curioso e quer saber como é trabalhar numa startup? Continue a leitura!

Rápido aprendizado

Uma das vantagens desse tipo de negócio é que a experiência não conta tanto. Os recrutadores, nesse caso, avaliam as suas soft skills, e a parte prática eles treinam no dia a dia.

Outra vantagem é que você aprende um pouco de tudo o tempo todo, e as coisas podem mudar de um dia para o outro, conferindo mais aprendizado e bagagem para a sua carreira profissional.

Além disso, a hierarquia costuma ser bem horizontalizada. Com isso você pode, por exemplo, dividir a mesma mesa com o CEO da empresa.

Portanto, você eleva o seu nível de aprendizagem a um alto padrão e ainda pode aprender com ele outras competências, como empreender e liderar uma equipe.

Autonomia

Como esse tipo de negócio espera que seus colaboradores possam resolver os seus problemas sozinhos, para quem gosta de trabalhar com autonomia esse pode ser o emprego ideal.

Isso porque você pode tomar as decisões que julgar necessárias por conta própria, assumindo os riscos, é claro. Mas é justamente aí que está mais uma vantagem: você aprende a assumir as consequências das suas ações e decisões, o que é ótimo para a sua formação profissional e vai fazer muita diferença na sua carreira.

Em meio a esse cenário que muitas vezes pode ser desafiador você trabalha com sentimento de dono do negócio. Não é à toa que muitas startups oferecem comissões e até mesmo a chance de ser sócio do negócio, a depender do desempenho apresentado.

Flexibilidade

Além da flexibilidade na tomada de decisões, a flexibilidade de horário e também de como você deseja se vestir é outra característica presente nas startups. Você pode trabalhar de casa se quiser, ou do seu café preferido. Nos dias quentes pode ir de bermuda sem problemas e ninguém achará estranho se você entregar as suas demandas de madrugada, desde que cumpra a sua carga horária diária.

Outra questão ligada à flexibilidade está diretamente relacionada ao negócio. Como tudo é novo, você pode opinar e ter as suas ideias aceitas e colocadas em prática. No entanto, isso pode mudar de um dia para o outro, já que a dinâmica do negócio é bastante ágil.

Trabalho intenso

Mas, nem tudo são flores. Quem trabalha em startups trabalha muito, já que o negócio está começando e é preciso garantir boas entregas para assegurar o crescimento da empresa.

Para lidar melhor com a pressão a dica é buscar negócios em que você acredite. Dessa forma, o dia a dia na startup vai ficar menos estressante e você poderá contribuir com o seu máximo potencial.

Esteja preparado também para trabalhar feriados e finais de semana. Afinal, para entregar os projetos no prazo e agradar o cliente, além de conseguir investidores, é preciso trabalhar firme e com propósito.

Inovação

Como a empresa ainda está começando, é comum ter espaço para inovar, o que é uma excelente oportunidade para você deixar a sua marca na empresa. Você também cresce bastante enquanto pessoa e profissional, pois as práticas de feedbacks costumam ser mais ágeis do que em empresas tradicionais. Assim, caso você tenha ambição de crescer na carreira, não pode deixar de considerar trabalhar em startup.

Colaboração

Como os recursos são poucos no início, ter senso de colaboração para ajudar os colegas com soluções práticas e inovadoras é fundamental. Aqui o trabalho diário tem como base a máxima “um por todos e todos por um”.

Outro ponto que merece ser mencionado é que a equipe costuma ser bem enxuta, o que exige bastante esforço para que tudo saia de acordo com o planejado.

Dessa forma, se você trabalha na para área de TI, por exemplo, pode ajudar na área de marketing e até financeiro. Com isso, você tem uma visão macro do funcionamento de uma empresa.

Contato com o mercado

O contato com o mercado é uma das principais vantagens para quem deseja trabalhar em startup. Como a equipe é pequena, é comum que você tenha contato com os clientes e fornecedores, o que significa uma boa oportunidade para conhecer mais pessoas e ampliar a sua rede de networking.

Assim, quanto mais pessoal for o relacionamento, maiores são as suas chances de aprender sobre as necessidades dos clientes e do próprio mercado. Como consequência, você passa a priorizar os produtos e serviços, assegurando uma maior satisfação do cliente.

Amadurecimento

Trabalhar com um ritmo bastante intenso e um alto nível de autonomia concederá a você um senso de responsabilidade muito grande de forma rápida o que, provavelmente, talvez você levaria anos para adquirir caso estivesse trabalhando em uma empresa comum.

Com contato próximo com as equipes, tendo espaço para dar a sua opinião e assumindo as responsabilidades, o aprendizado é muito mais consistente e também baseado na confiança do gestor no seu trabalho, o que em companhias com hierarquias verticalizadas talvez você não tivesse a oportunidade de conquistar tantas competências logo no início da sua carreira.

Baixa remuneração

Apesar de muitas startups crescerem tão rápido quanto o salário de seus colaboradores, esteja preparado para um início de carreira com uma remuneração um pouco mais baixa do que a do mercado.

Isso não significa que você vai ficar muito tempo ganhando pouco, já que a tendência é que, com o negócio funcionando e a conquista de novos investidos e clientes, a startup logo se capitalize. No entanto, esse é um risco que você deve estar preparado.

Mas lembre-se: no início de carreira, vale mais a experiência profissional do que o salário. Coloque tudo na balança e faça a sua escolha.

Como vimos ao longo desta leitura, os desafios de trabalhar em uma startup existem, mas também é possível conquistar grandes aprendizados, que são bastante valorizados no mercado de trabalho. Portanto, esteja atento às oportunidades, pois elas o ajudarão a identificar os seus pontos fortes e fracos, assim como permitirá a você ajustá-los, potencializando sua carreira.

Se você gostou deste artigo sobre como é trabalhar em startup, siga a Faculdade Arnaldo nas redes sociais para ficar por dentro de todas as nossas novidades. Estamos no Facebook, Instagram, YouTube e LinkedIn.

INSCREVA-SE PARA RECEBER NOSSAS NOTÍCIAS

Receba as novidades em seu e-mail

Fique por dentro dos  eventos, notícias e conteúdos da Faculdade Arnaldo.

Thank you! Your submission has been received!
Oops! Something went wrong while submitting the form.