Alunos
Candidatos
Thank you! Your submission has been received!
Oops! Something went wrong while submitting the form
Sistema AcadêmicoInscreva-se
Artigo

Como fazer uma revisão para o Enem completa? Descubra aqui!

Artigo

Como fazer uma revisão para o Enem completa? Descubra aqui!

A revisão para o Enem é uma das fases mais importantes da preparação de qualquer candidato. É nesse momento que você refresca a mente com os assuntos antigos, resolve questões, refaz o plano de estudos e aproveita os resumos, os fichamentos e outros materiais.

Contudo, não é preciso ter pressa. Mesmo que tenha deixado a revisão para a última hora, o importante é o planejamento. Quando há uma rotina bem organizada, com horários certos de estudos, materiais separados e técnicas definidas antecipadamente, é possível estudar para o Enem e aumentar suas chances de aprovação.

Tendo em vista a importância desse planejamento, reunimos neste guia o que é preciso saber para a revisão do Enem. Pegue papel e caneta!

Separe os assuntos que mais caem na prova

Com o passar dos anos, alguns assuntos vão ganhando foco em cada área do conhecimento do Enem. Por isso, a lista de conteúdos disponibilizados pelo MEC no edital serve apenas de referência para o planejamento de cursos pré-vestibulares, escolas e até dos alunos. No entanto, o foco deve ser direcionado às provas dos últimos três anos.

Para cada área do conhecimento, certifique-se de ter estudado os assuntos abordados. Também leve em consideração os pesos que o seu curso atribui a cada uma delas, pois o seu desempenho deverá ser acima da média nessa notas. Tendo os temas mais importantes separados, você já sabe o que estudar na etapa de revisão.

Organize os materiais para a revisão

Materiais de revisão são resumos, fichamentos, diagramas, mapas mentais e outros que destacam trechos, conceitos, palavras-chave, fórmulas e detalhes importantes sobre os assuntos estudados.

Os materiais de revisão economizam tempo nos estudos. Afinal, não é necessário voltar aos livros ou procurar informações na internet para relembrar aspectos fundamentais. Tudo o que você precisa saber está ali, estruturado de acordo com a sua maneira particular de entender os assuntos.

Cada material de revisão tem um estilo diferente, mas todos têm o propósito de facilitar a assimilação de detalhes essenciais. Por exemplo, o fichamento divide os detalhes de um conteúdo em tópicos curtos, enquanto o mapa mental usa setas para ligar os diferentes conceitos.

Saiba quais são aqueles que mais ajudam no seu caso, mas não deixe de variar a abordagem. Preferencialmente, os materiais de revisão devem ser feitos durante a primeira compreensão dos assuntos. Assim, até depois de meses, você pode voltar a eles e relembrar detalhes importantes em poucos minutos.

No entanto, nada impede a criação dos materiais na fase de revisão para o Enem. Vale ressaltar que é importante criar os próprios resumos, fichamentos, mapas mentais, pois eles refletem a compreensão particular de cada um. Por isso, não é recomendável buscar materiais de revisão prontos na internet.

Leia o conteúdo em voz alta

Ler em voz alta os conteúdos e discutir consigo mesmo conceitos que não podem ser esquecidos são técnicas eficientes na fase de revisão para o Enem. Esse ato aparentemente simples ajuda a sua memorização e a fixação de palavras em longo prazo. Não se esqueça de aliar a prática com a criação de resumos e outros materiais.

Se essa técnica não soa agradável para você, não tem problema — o mais importante é respeitar seu ritmo de aprendizado. Afinal de contas, a leitura em silêncio também tem sua vantagem, tendo em vista que favorece a memória visual. Sublinhar trechos importantes, usar notas adesivas e fazer anotações vai ajudar bastante.

Resolva questões de provas anteriores

Resolver muitas questões durante a preparação ajudar o estudante a lidar com um dos maiores desafios do exame: o tempo de prova. A cada ano, as questões do Enem ficam mais complexas, e isso demonstra que responder às perguntas e interpretar textos de maneira rápida, mas sem perder a concentração, tornou-se um dos fatores decisivos para a aprovação de candidatos.

O “segredo” é se familiarizar com a estrutura das questões do exame, o que só é possível depois de criar o hábito de resolver questões de provas anteriores. Além de ler sobre os assuntos e assistir canais do YouTube para estudar, separe um tempo na rotina de estudos para fazer simulados e questionários relacionados aos assuntos que mais caem no Enem.

Tenha um plano de estudos

O plano de estudos é o guia acerca do que estudar em cada dia da semana. Se você seguiu um cronograma até agora, na fase de revisão para o Enem pode ser útil fazer um novo, aumentando a frequência das revisões de conteúdo e da resolução de questões de simulado e provas anteriores.

É importante que o plano seja elaborado de acordo com a rotina de cada candidato. Ele deve se adaptar aos seus horários e facilitar a assimilação dos assuntos. Por isso, considere o período do dia mais produtivo para os estudos, os horários de outros compromissos diários, entre demais fatores. Nunca use um plano de estudos prontos da internet.

Bônus: saiba como manter a concentração

Na fase de revisão para o Enem, é muito importante manter o equilíbrio emocional a fim de conseguir desenvolver a concentração necessária para estudar. Por isso, deixaremos aqui algumas técnicas interessantes:

  • pomodoro — divisão do tempo para estudo em pequenos blocos de 25 minutos e pausas de 5 minutos;
  • leitura dinâmica — técnica que consiste em uma primeira leitura, a fim de compreender as palavras-chave do assunto; e depois uma leitura corrida, visando a obter total compreensão;
  • aparelhos desligados — desligue o celular, de modo a evitar distrações. Mantenha ligados apenas os aparelhos que estão contribuindo para os seus estudos.

Essas são algumas estratégias a serem incluídas em sua revisão para o Enem. Fazer um plano de estudos a partir dessas dicas é uma ótima maneira de estudar nos meses restantes. Depois de começar a implementá-las, veja quais mais funcionam no seu caso e use aquelas que facilitam a rotina. Dessa forma, você terá um plano personalizado, organizado especialmente para alcançar os seus objetivos e a aprovação!

A preparação de cada um envolve técnicas particulares que dão sempre certo. Por isso, pense na técnica que facilita a sua rotina de estudos e compartilhe sua experiência conosco nos comentários!

INSCREVA-SE PARA RECEBER NOSSAS NOTÍCIAS

Receba as novidades em seu e-mail

Fique por dentro dos  eventos, notícias e conteúdos da Faculdade Arnaldo.

Thank you! Your submission has been received!
Oops! Something went wrong while submitting the form.