O Grupo de Iniciação à Pesquisa Étnico Racial e Diversidade (GERD) iniciou os seus trabalhos em novembro de 2017 e tornou-se grupo de pesquisa em fevereiro de 2018. Em sua primeira experiência, estava voltado às questões étnico-racial na promoção de uma educação antirracista. Posteriormente, agregou-se em sua missão, o tema da diversidade da orientação sexual, cultural, política, filosófica e religiosa. O grupo atualmente possui as seguintes áreas de pesquisa: 1– Trabalho e dignidade humana; 2 – Feminismo negro; 3 – Educação e inclusão social; 4 – Religiões Afro-brasileiras; 5 – Diversidade afetivo-sexual –reconhecimento e dignidade.

 

Objetivo Geral:

- Promover a iniciação à pesquisa científica por meio das questões Étnico Racial e Diversidade que perpassam o contexto da sociedade brasileira no enfrentamento do preconceito, do racismo, da violência e da exclusão dos direitos fundamentais e sociais. Busca-se pesquisar, refletir, intervir e produzir artigos, livros e eventos científicos.  

  

Objetivo específico:

- Compreender as relações Étnico Racial e Diversidade na sociedade brasileira.

- Pesquisar, debater e produzir livros, artigo se eventos científicos sobre as temáticas Étnico Racial e Diversidade.

- Incentivar a educação das relações Étnico Racial para o ensino de História e Cultura Afro-brasileira e Indígena.

- Promover os Direitos Humanos e a inclusão social, educacional, política e econômica da população negra.

 

Justificativa

- A sociedade brasileira é marcada pelo seu passado escravagista e de relações exploratórias. Herdamos a herança da desigualdade social e da ausência de uma educação das relações Étnico Racial para o ensino de História e Cultura Afro-brasileira e Indígena.

- O preconceito e o racismo estão presentes na sociedade brasileira, reproduzindo continuamente o privilégio branco e evitando que a população negra tenha as mesmas oportunidades da população branca.

- Todo ser humano deve ser respeitado em sua orientação sexual, crenças, ideologias política e filosófica cultura e religião.  

- Formar e educar o ser humano para vivência, o diálogo e o respeito com a diversidade étnico-racial e sexual na sociedade brasileira, levando-o a reconhecer os Direitos Humanos.

 

Público alvo: comunidade acadêmica interna e externa.

Participar do Projeto:

Local: Plataforma (online)

Horário e dia da semana: 18h30min (segunda-feira – encontros quinzenais)

Início das atividades: 03/08

Inscrição (link): https://forms.gle/QdiHAADZuDKYHzARA