Alunos
Candidatos
Thank you! Your submission has been received!
Oops! Something went wrong while submitting the form
Sistema AcadêmicoInscreva-se
CARREGANDO...
Artigo

Confira 5 filmes para você estudar assistindo em casa!

Artigo

Confira 5 filmes para você estudar assistindo em casa!

Você sabia que é possível aprender mesmo quando estiver curtindo momentos de lazer? Os filmes e séries são uma fonte de conhecimento e podem facilitar e potencializar o aprendizado!

Pensando na importância de você diversificar os métodos de obtenção de informação e as técnicas de estudo, separamos alguns filmes imperdíveis para estudar! Confira agora nossas 5 dicas especiais, que trarão conhecimento em áreas diversas, da história à arte!

1. Bastardos Inglórios (2009)

Esse longa norte-americano tem roteiro e direção do renomado Quentin Tarantino. Ambientada na Segunda Guerra Mundial, a narrativa trata de um plano de soldados americanos para atacar uma sala de cinema cheia de nazistas em Paris.

É interessante ver como os judeus organizam uma vingança contra os alemães em um clima de suspense e ação. Imperdível para quem pretende conhecer outras nuances desse evento mundial e melhorar sua análise histórica. Está disponível no Prime Video.

2. 12 Anos de Escravidão (2013)

Esse épico do cinema, disponível no YouTube, deixou todo mundo de queixo caído no ano em que foi lançado. Geralmente, produções audiovisuais que tratam desse tema são comoventes, mas em 12 Anos de Escravidão a verdade é nua e crua.

Não só porque o escravo em questão era um negro liberto, mas também por mostrar a realidade dos Estados Unidos em 1840. O filme ajuda a compreender esse período histórico e todo o sofrimento vivido pela população negra no mundo.

12 Anos de Escravidão levou 3 das 9 indicações ao Oscar em 2014, inclusive o de melhor filme. É ou não uma excelente forma de revisar esse conteúdo?

3. A Teoria de Tudo (2014)

Você já deve ter ouvido falar de Stephen Hawking, o cientista, físico e cosmólogo britânico, que faleceu em 2018. Ele fez várias descobertas sobre a criação do Universo, sua expansão e até sobre a existência dos buracos negros.

Hawking é o personagem principal de A Teoria de Tudo, que conta a história da vida do jovem cientista, suas descobertas e o precoce desenvolvimento da esclerose lateral amiotrófica (ELA), quando ele tinha apenas 21 anos.

Além de mostrar como Hawking trabalhava em suas pesquisas, o filme contempla a vida amorosa do cientista em sua relação com Jane, com quem ficou casado por mais de 20 anos. Assista ao filme na Netflix.

4. Borat 2: Fita de Cinema Seguinte (2020)

O icônico personagem Borat, interpretado pelo inglês Sasha Baron Cohen, ressurge em um longa filmado durante a quarentena. Narra-se, neste filme que está no Prime Video, as aventuras do segundo melhor jornalista do Cazaquistão.

As críticas sociais, assim como no primeiro filme, são feitas por meio da comédia, mas, ainda assim, bem elaboradas.,

Assista a Borat 2 para compreender (se possível!) como ainda há pessoas que insistem em desafiar a ciência. Com muita malícia, o humor ácido do personagem consegue fazer uma análise profunda da atual sociedade, especialmente a estadunidense.

5. Emicida: AmarElo É Tudo pra Ontem! (2020)

Documentários são a forma mais comum de utilizar filmes para estudar, por isso AmarElo, que mostra a arte brasileira, especialmente a arte negra, não poderia ficar de fora desta lista.

O rapper Emicida é o narrador e o personagem, que resgata elementos da negritude brasileira, faz análises sociológicas e mostra o making of de seu show no Theatro Municipal de São Paulo.

Vale a pena assistir na Netflix e repensar sobre o que é arte e sobre o que deve ou não ser valorizado.

Viu como produções audiovisuais podem ser oportunidades de conhecer fatos históricos ou aprender conceitos de várias áreas? Assim, você descansa das apostilas e exercícios e mantém o ânimo para estudar!

Compartilhe este post em suas redes sociais e mostre para seus amigos essas ótimas dicas de filmes para estudar!

Mais do nosso blog

Posts relacionados

Artigo

Núcleo de Práticas Jurídicas: qual a importância para o futuro advogado?

Descubra por que o Núcleo de Práticas Jurídicas é indispensável para a formação do advogado!Sem dúvidas, a preparação do aluno de Direito depende de experiências teóricas e práticas que permitam entender a aplicabilidade do conhecimento acadêmico. Nesse sentido, o Núcleo de Práticas Jurídicas é fundamental nas instituições de ensino, uma vez que permite ao estudante ter uma experiência profissional prévia à formação. Mas, afinal, que atividades o núcleo desenvolve para ser considerado importante? Pensando em esclarecer essa e outras dúvidas, elencamos para você alguns tópicos explicativos sobre o tema. Não deixe de conferir! O que é um Núcleo de Práticas Jurídicas? Núcleo de Práticas Jurídicas ou NPJ, como também costuma ser conhecido, é uma organização interna das instituições que se dedicam ao ensino jurídico. Seu principal objetivo é permitir que o aluno consiga compreender o trabalho normalmente atribuído a um advogado. Para ficar mais claro, essa organização poderia ser equiparada a um estágio no qual, necessariamente, os que vão estudar Direito precisam passar antes de se formar. Afinal, as atividades desenvolvidas nele são extremamente importantes na preparação para o mercado de trabalho e na aplicação de conceitos teóricos no dia a dia da profissão. Quais são as atividades desenvolvidas? Agora que você já sabe o que é e quais os objetivos do Núcleo de Práticas Jurídicas, vale conferir as atividades que poderão ser desenvolvidas em conjunto com professores nessa organização vinculada à faculdade. Primeiramente, é importante esclarecer que o núcleo atua tanto em casos hipotéticos e fictícios, como júri simulado, quanto em casos reais. Entre as atividades que podem ser realizadas estão o desenvolvimento de peças processuais, a realização de arbitragens e conciliação e a atuação em audiências e sessões. É necessário destacar que todas as ações são supervisionadas por profissionais para uma melhor experiência formativa sem qualquer prejuízo do cliente, a exemplo dos processos reais. Qual a sua importância formativa? Como visto, o Núcleo de Práticas Jurídicas é, em geral, o primeiro contato que o estudante tem com a prática da advocacia. Afinal, mesmo aqueles que fazem estágio em escritórios ou empresas fora da faculdade, costumam atuar em atividades menos complexas e mais periféricas. Além disso, fora dos muros da instituição o aluno não conta com o suporte dos professores. Desse modo, trata-se de uma grande oportunidade para dar os primeiros passos rumo ao futuro profissional, com a segurança da orientação do corpo docente para os pontos de melhoria. Outra relevância do núcleo para o futuro advogado é a possibilidade de identificação profissional. Por meio de atividades fictícias e reais, é possível ter um direcionamento e descobrir quais áreas do Direito mais despertam interesse. Sem dúvidas, o Núcleo de Práticas Jurídicas é de grande importância para a formação do acadêmico de Direito. Além de fazê-lo se destacar no mercado de trabalho, as atividades nele desenvolvidas também despertam a responsabilidade social, uma vez que contribuem para a defesa dos direitos da comunidade envolvida. Nesse sentido, é fundamental optar sempre por uma faculdade que mantenha essa estrutura pedagógica. E aí? Gostou do conteúdo? Então não deixe de assinar a newsletter e ficar por dentro de mais artigos como este!

Publicado em
10/6/21
por
Faculdade Arnaldo
Artigo

Você sabe o que é uma empresa júnior? Entenda!

Saiba quais são os objetivos da empresa júnior e qual sua importância para o aprendizado. Leia no post!

Publicado em
8/6/21
por
Faculdade Arnaldo
Artigo

Bacharel para licenciados: as possibilidades de uma segunda graduação

Saiba quais são as maiores vantagens em cursar uma nova graduação. Confira no post!

Publicado em
3/6/21
por
Faculdade Arnaldo
Veja todos os posts
INSCREVA-SE PARA RECEBER NOSSAS NOTÍCIAS

Receba as novidades em seu e-mail

Fique por dentro dos  eventos, notícias e conteúdos da Faculdade Arnaldo.

Thank you! Your submission has been received!
Oops! Something went wrong while submitting the form.