Alunos
Candidatos
Thank you! Your submission has been received!
Oops! Something went wrong while submitting the form
Sistema AcadêmicoInscreva-se
CARREGANDO...
Artigo

Ferramentas para estudar: 5 opções para otimizar seus estudos

Formação

Ferramentas para estudar: 5 opções para otimizar seus estudos

Em tempos de pandemia pelo novo coronavírus, ter que lidar com as tarefas dentro de casa é a única solução até essa situação passar. Estudantes do mundo inteiro estão afastados das instituições de ensino, precisando descobrir ferramentas para estudar nessa nova realidade e não interromper o ritmo de aprendizado.

Esse é o seu caso? Se você quer algumas dicas para adaptar sua rotina de estudos e não deixar o conteúdo acumular, aproveite as sugestões a seguir!

1. Faça mapas mentais

Um dos prováveis desafios de estudar em casa é manter a concentração em alta, mesmo com tantas distrações. Além disso, para quem está acostumado a sair de casa e ter uma vida mais ativa, a dinâmica pode ficar cansativa e prejudicar o rendimento no aprendizado.

Logo, uma maneira de variar as atividades e fugir um pouco da tradicional leitura ou dos resumos é fazer mapas mentais. A ideia é criar uma espécie de fluxograma com os conteúdos estudados, descrevendo tópicos bem sucintos a partir de um ponto central para facilitar a memorização. Use cores e desenhos de modo a deixar o resultado atrativo visualmente e mais prático durante a revisão da matéria em outra ocasião.

2. Use a técnica Pomodoro

Essa é uma indicação para que você consiga administrar melhor o seu tempo. Muitas pessoas precisam se dedicar às tarefas domésticas, aos compromissos do trabalho, mesmo no modo virtual, e a outros afazeres pessoais.

A expectativa de ter muito tempo livre nem sempre se torna real, pois o acúmulo de atividades pode sobrecarregar toda a sua energia. Sem falar na carga emocional de viver um momento difícil como o atual.

Portanto, a dica é organizar melhor a sua rotina e também se permitir ter alguns intervalos para aliviar a mente. Um jeito prático de cumprir esse objetivo é adotar a técnica Pomodoro. Basta estabelecer uma agenda diária, encaixando todas as obrigações previstas.

Então, determine pequenos intervalos a cada 25 minutos de dedicação e uma pausa mais longa a cada quatro períodos. O ideal é que os curtos durem cerca de cinco minutos, o suficiente para tomar uma água, movimentar o corpo ou responder uma mensagem. Já os mais duradouros podem durar em torno de meia hora, oferecendo um descanso maior ao corpo e ao cérebro.

Para facilitar a execução do método, existem aplicativos que controlam o tempo e servem como um despertador a partir dos intervalos programados. Um exemplo disso é o Focus To Do, mas é possível encontrar outras opções disponíveis. Inclusive, o usuário consegue adaptar o cronograma de acordo com seus objetivos.

3. Prepare associações mnemônicas

Variar os estímulos é uma ótima estratégia para manter a mente ativa. Como já falamos, a necessidade de precisar ficar em casa por causa da pandemia pode ser desgastante em muitos momentos, o que vai demandar um certo esforço para não deixar a energia em baixa.

Diante disso, explore a criatividade e crie suas próprias associações mnemônicas para os assuntos estudados. Apesar de o termo ser aparentemente complicado, a tática é bem simples. Mnemônico significa relativo à memória, e a intenção é justamente facilitar a memorização de um tema ao relacionar ele com algum outro assunto.

Essa técnica é muito utilizada para decorar fórmulas matemáticas e provavelmente você conhece alguma música ou frase que traduz uma delas. Contudo, as associações podem ser muito variadas e não se limitam a nenhuma disciplina ou objeto de estudo.

Por exemplo, uma das mais populares foi criada para memorizar os planetas do Sistema Solar: "Minha Velha Traga Meu Jantar: Sopa, Uva, Nozes, Pão — Mercúrio, Vênus, Terra, Marte, Júpiter, Saturno, Urano, Netuno e Plutão, que ainda era considerado planeta.

Como você percebeu, a tática é bem fácil e ainda pode ser muito divertida. Portanto, relacione os temas mais difíceis a algo que remeta seus gostos e suas preferências.

4. Baixe o Procraster

A tecnologia trouxe muitas facilidades para o nosso dia a dia, e não aproveitá-las seria um desperdício. É verdade que não precisamos virar reféns do mundo tecnológico, mas não faz mal usufruir de alguns benefícios.

Considerando a realidade de ter que estudar em casa, a procrastinação é um problema a ser evitado. Querendo ou não, o ritmo do mundo parece estar um pouco mais lento com as mudanças provocadas pelo coronavírus, ou seja, não estamos em uma fase de viver tantas cobranças. Mesmo assim, é muito importante continuar cuidando das suas responsabilidades e não deixar os estudos de lado.

O aplicativo Procraster será o seu aliado para manter um bom rendimento, além de oferecer conselhos com o intuito de deixar você ainda mais motivado.

5. Conte com a ajuda do Finish

O Finish é mais uma recomendação de ferramenta para estudar, podendo ajudar você a ser mais produtivo. Inclusive, ele foi desenvolvido por dois estudantes americanos que encontraram essa forma de contribuir com o foco de outras pessoas.

Basicamente, sua função é categorizar tarefas de curto, médio e longo prazo, montando um cronograma com prazos que serão notificados para que você não esqueça de nenhum dos seus compromissos. Por exemplo, se a tarefa é terminar um livro ou um trabalho até um determinado dia/horário, o app entra em ação e envia lembretes até ela ser marcada como atividade concluída.

Todas essas dicas devem ser consideradas, de modo a descobrir quais delas funcionam melhor para você. Os aplicativos mostrados são apenas algumas sugestões, lembrando que existem vários com funções semelhantes e cada usuário pode escolher conforme as suas preferências.

O propósito de usar essas ferramentas para estudar é realmente ser mais produtivo e não abandonar os estudos nesse momento. Lembre-se de que ficar parado não é uma boa ideia, principalmente porque os prejuízos podem ser grandes quando a situação for normalizada. Por outro lado, com a ajuda desses recursos e um pouco de esforço, os resultados serão surpreendentes!

Gostou das dicas? Siga nossas redes sociais para continuar acompanhando todas as publicações. Você pode nos encontrar no Facebook, no Instagram e no LinkedIn.

INSCREVA-SE PARA RECEBER NOSSAS NOTÍCIAS

Receba as novidades em seu e-mail

Fique por dentro dos  eventos, notícias e conteúdos da Faculdade Arnaldo.

Thank you! Your submission has been received!
Oops! Something went wrong while submitting the form.