Alunos
Candidatos
Thank you! Your submission has been received!
Oops! Something went wrong while submitting the form
Sistema AcadêmicoInscreva-se
CARREGANDO...
Artigo

Faculdade em BH: como identificar o melhor curso para você?

Formação

Faculdade em BH: como identificar o melhor curso para você?

Quem pretende fazer uma faculdade em Belo Horizonte, more ou não nessa cidade, pode colher bons frutos dessa escolha. A capital do estado de Minas Gerais, terceira maior do país em representatividade econômica e política, mas apenas sexta em tamanho da população, tem muito a oferecer aos estudantes.

No geral, a cidade não é muito grande territorialmente (tem cerca de 331 Km²) e reúne qualidades tanto dos grandes centros urbanos quanto das pequenas cidades do interior, dependendo da região e bairro considerados.

Vale lembrar que, nos últimos anos, BH tem testemunhado enorme efervescência cultural, com o crescimento estrondoso do seu Carnaval, assim como do investimento público em teatros, cinemas, museus e praças. Além de ser considerada a terceira cidade mais arborizada do Brasil, tornando-se um ótimo exemplo de um grande centro urbano que é capaz de ofertar qualidade de vida aos seus moradores.

Neste artigo, vamos oferecer a você um guia completo sobre essa capital. Com base nele, você poderá decidir se vale a pena fazer uma faculdade em BH e também ficar por dentro de detalhes importantes sobre a vida na cidade em diversos aspectos. Acompanhe!

Vale a pena cursar uma faculdade em Belo Horizonte?

A cidade de Belo Horizonte oferece inúmeras opções a quem quer se graduar ou àqueles que já têm um curso superior e desejam se especializar. Portanto, tanto faz se você quer escolher uma pós-graduação ou sair do interior para a cidade grande em busca de melhores oportunidades de estudo e trabalho: BH é uma excelente opção!

Abaixo, explicaremos alguns motivos que colaboram para tornar a cidade um lugar privilegiado e que, certamente, vai possibilitar a você encontrar a faculdade e o curso que sempre sonhou.

Variedade de opções

Antes de tudo, estudar na capital é interessante pela enorme quantidade de universidades e faculdades disponíveis. O que significa, entre outras coisas, uma variedade maior de opções de cursos e modalidades de ensino.

Com suas opções públicas e privadas, a capital é também um grande polo universitário e disponibiliza toda a estrutura — bibliotecas, meios de transporte, investimentos em pesquisas e eventos — necessária para melhorar qualitativamente um curso de graduação ou pós.

Mobilidade

Se comparada a outras cidades de mesmo porte, a capital de Minas Gerais apresenta boa mobilidade, alta qualidade de vida e acesso rápido a diversos locais, principalmente para quem mora ou estuda próximo ao Centro.

Por exemplo, estudantes que estudam e trabalham, se pensarem estrategicamente seu deslocamento, vão poder cruzar a cidade sem perder tanto tempo e dinheiro com transporte quanto se morassem no Rio de Janeiro ou em São Paulo.

Além disso, há sempre opções EAD para os mais ocupados, com oferecimento de cursos de graduação e de pós-graduação a distância. Essa é considerada uma alternativa mais barata, podendo ser cursada conforme o tempo de cada aluno, o que evita todo aquele estresse que, em geral, prejudica muito o rendimento.

Oportunidades de trabalho

Quanto às possibilidades profissionais para os jovens recém-formados, Belo Horizonte tem se destacado como uma cidade referência em algumas áreas econômicas, o que implica maior oferta de vagas de emprego.

Embora não seja destacada como polo turístico, ela se encontra bastante próxima de atrações como o Museu de Inhotim (localizado em Brumadinho e considerado o maior museu a céu aberto do mundo) e de rotas turísticas como a Serra do Cipó e as reconhecidas cidades históricas de Ouro Preto, Sabará e Mariana.

Como outros destaques econômicos, BH apresenta notável crescimento no setor de serviços nos últimos anos e uma indústria robusta. Isso sem contar a presença de uma das maiores concentrações de startups do Brasil, a San Pedro Valley.

Considerando os critérios de variedade de opções, mobilidade, oportunidades de trabalho em diferentes setores, ensino reconhecido e qualidade de vida, a nossa resposta não poderia ser outra: sim, vale muito a pena fazer uma faculdade em Belo Horizonte!

O que considerar ao escolher uma faculdade em BH?

Como acontece na escolha de qualquer curso de graduação, pós-graduação lato sensu e stricto sensu, além de outros tipos de especializações, é necessário, antes de tudo, pesquisar bastante para escolher a instituição adequada a você.

Há critérios que são indispensáveis, como aqueles atrelados à qualidade de ensino e à infraestrutura de um curso superior. Se essas necessidades não forem satisfeitas, as outras vantagens não vão adiantar muito.

Tendo isso em mente, vamos entender, a seguir, todos os aspectos que devem ser considerados para que você opte pela melhor faculdade.

Qualidade de ensino

Um aspecto principal desse item é verificar a tradição e o prestígio da instituição, bem como o peso de sua relação com o ensino de forma geral. Via de regra, a excelência só é conquistada depois de muitos anos de mercado e, ainda assim, por meio de forte respaldo institucional.

Para que o ensino oferecido seja de qualidade, a faculdade deve prezar pela qualificação contínua do seu corpo docente, ter seus cursos reconhecidos pelo Ministério da Educação (MEC), obter boas avaliações no Exame Nacional de Desempenho dos Estudantes (ENADE), bem como apresentar eficiência no desenvolvimento de pesquisas científicas.

Infraestrutura

Cada curso de graduação ou de pós-graduação tem suas especificidades em relação à necessidade de instalações. No entanto, todos precisam de uma boa infraestrutura para funcionarem adequadamente e oferecer aos estudantes um panorama completo daquilo que a profissão exige.

Dito de outra maneira, pode parecer algo secundário, mas as instalações físicas são fundamentais para garantir um aprendizado satisfatório. Por isso, não deixe de avaliar itens como: limpeza, ventilação e iluminação das salas de aula (e outros espaços de aprendizagem), acervo da biblioteca, qualidade dos equipamentos presentes nos laboratórios, acesso à internet, entre outros.

Colocação no mercado de trabalho

Buscar informações a respeito da carreira profissional de ex-alunos é outra forma de verificar a reputação da instituição. Há faculdades que criam programas especiais capazes de acelerar a colocação de seus alunos no mercado de trabalho. Em geral, esses programas resultam de parcerias com empresas que atuam, e são reconhecidas, nos ramos de atuação dos cursos oferecidos.

Por isso, vale a pena pesquisar em sites ou por meio do contato direto, sobre a estatística de estudantes pregressos que trabalham atualmente em áreas nas quais se formaram e como a faculdade colaborou para a inserção deles no mercado.

Ética e versatilidade

É importante priorizar aquelas instituições onde a pluralidade de pensamento e a autonomia do aluno na construção do saber são não só respeitadas, mas valorizadas. Somado a isso, ao escolher uma faculdade, leve em conta se ela está fundamentada em princípios éticos, mas também se é flexível às leis do mercado.

Essas informações podem ser encontradas no projeto político pedagógico da instituição. Vale enfatizar que o documento é obrigatório e todos os alunos ou interessados podem ter acesso a ele. Nele devem constar o processo de formação da grade curricular de cada curso, assim como a missão e os princípios que norteiam o seu ensino.

Localização

A rotina de estudos, na maioria das vezes, é estressante, uma vez que apresenta ao aluno desafios difíceis de conciliar. Como exemplo, podemos citar a dificuldade de administrar bem os horários e resistir ao cansaço para estudar e trabalhar em grandes cidades.

Para casos assim, a dica é optar por uma instituição localizada próximo ao Centro. Em Belo Horizonte, especificamente, a região central é composta de uma grande quantidade de linhas de ônibus e metrô. Ao tornar a distância entre os pontos de deslocamento menores, consequentemente, você acaba cumprindo a sua jornada em menos tempo, ou seja, otimiza o seu tempo e os seus estudos.

Custos

Avaliar todos os custos que você terá durante a faculdade é fundamental para garantir a conclusão de todo o curso. Por essa razão, coloque os gastos futuros na ponta do lápis — valor das mensalidades, do material, deslocamento, entre outros — e verifique se eles cabem no seu orçamento.

Caso escolha cursar uma faculdade particular, investigue sobre a possibilidade de obter uma bolsa de estudos. Em sua maioria, as instituições costumam oferecer bolsas próprias ou decorrentes de programas do governo, como o Fies e o ProUni.

Além desses fatores, vale a pena conferir se a instituição oferece benefícios que extrapolam a grade curricular do curso, mas que contribuem de forma decisiva para o aperfeiçoamento do ensino. Como exemplo podemos destacar a presença de empresas juniores, os programas de estágio, cursos de extensão universitária e a criação de grupos de pesquisa.

Como fazer um bom planejamento de estudos?

Uma vez decididas a cidade e a instituição onde você deseja estudar, é importante começar a formular um planejamento de estudos. Esse plano vale tanto para o vestibular quanto para as disciplinas da faculdade, uma vez que tenha sido aprovado.

Se o tempo para se dedicar aos estudos é pequeno, mais razões você tem para organizar o conteúdo por ordem de importância e cronologicamente. Como sua energia também não é infinita, definir prioridades e datas a cumprir é determinante.

Um bom planejamento começa considerando todos os fatores que influem na qualidade de seus estudos e não deve ficar engessado naquilo que você considera o modelo ideal. O ponto de partida é o seu tempo disponível, e o objetivo principal é fazer o melhor proveito dele.

Assim, ao montar seu plano de estudos, crie uma planilha que considere os seguintes elementos, listados de acordo com a ordem de importância:

  • tempo diário que você tem disponível;
  • as disciplinas que têm peso maior nas provas;
  • as disciplinas que você considera mais difíceis;
  • a distribuição regular entre os dias — por exemplo, evite ficar vários dias sem estudar a mesma matéria;
  • a divisão do tempo de estudo de cada disciplina em blocos pequenos, o que ajuda a não se cansar demasiadamente;
  • o estudo por períodos curtos entrecortados por pequenas pausas — por exemplo, estude por 25 minutos e descanse por 5;
  • depois de vários pequenos períodos como esse, faça pausas maiores e aproveite para desligar completamente a cabeça do que estudou.

Evite se entregar aos livros sem um cronograma claro e fácil de seguir. Se você tem pouco tempo para estudar, precisa de muita organização para que as coisas não saiam do controle. Além do mais, quando você tem uma planilha a seguir, o desgaste é muito menor.

A organização dos estudos é também a organização do seu tempo livre. Afinal, com a consciência tranquila em relação às obrigações estudantis, você pode aproveitar melhor e sem culpa os momentos de lazer e relaxamento, evitando o estresse.

Quais são as vantagens de fazer uma faculdade em Belo Horizonte?

Já adiantamos neste post alguns aspectos bem interessantes dessa capital. Conforme vimos, Belo Horizonte apresenta um meio-termo muito atraente em relação àqueles aspectos urbanos que afligem os moradores das grandes cidades.

Ela é culturalmente agitada e seus habitantes são conhecidos por serem hospitaleiros e amistosos, o que não acontece em muitas capitais. Ademais, apesar de apresentar um dia a dia acelerado, ela ainda tem bairros nos quais as pessoas mantêm um estilo de vida bem interiorano.

De fato, boa parte de seus moradores idosos veio do interior de Minas Gerais e recriou o modo de vida provinciano na cidade grande, o que afetou positivamente a rotina de BH, conferindo a ela uma de suas principais características.

Entretanto, as vantagens de fazer uma graduação ou pós em Belo Horizonte não param por aqui. Adiante, comentaremos mais alguns benefícios com ênfase no suporte que a cidade oferece para seus estudos.

Alto investimento em tecnologia

O estado de Minas Gerais foi considerado o segundo maior polo de inovação do país. Isso significa que, no acelerado cenário de busca pela transformação digital das empresas no Brasil, BH está na vanguarda.

Assim, não é exagero afirmar que a cidade se transforma na principal opção do Brasil para quem trabalha direta ou indiretamente com tecnologia. Estamos falando de profissionais da área de programação, marketing digital, web design, inteligência de negócios e outros.

Esses profissionais são necessários para realizar a migração das atividades das empresas para o meio digital. Seu trabalho passa por um momento de enorme valorização, o que potencializa os ganhos financeiros.

Vale mencionar também que uma capital avançada tecnologicamente tende a atrair mais investimento dos setores público e privado, além de oferecer melhores condições de trabalho a seus profissionais.

Afinal, a transformação digital leva à redução da carga de trabalho repetitiva em empresas e à consequente valorização dos colaboradores, que passam a atuar em setores estratégicos e se desgastam menos.

Polo econômico

O fato de a cidade ser um ambiente de concentração de startups permite aos estudantes da capital mineira a possibilidade de uma inserção mais rápida no mercado de trabalho.

Aliás, não é só para quem trabalha com inovação que isso faz diferença. A indústria, o varejo e, principalmente, o setor de serviços de BH são muito desenvolvidos, se comparados a outras cidades do interior de Minas e do Brasil. Isso facilita, inclusive, a vida de quem quer empreender.

Isso aumenta as chances de o estudante conseguir bons estágios na sua área. Esse tipo de experiência, muitas vezes, permite terminar uma graduação já com um emprego. Se o curso for de pós-graduação, é ainda melhor. Grandes empresas de todos os setores oferecem benefícios para colaboradores que se propõem a continuar estudando.

Além disso, os salários em grandes cidades são melhores que os do interior, e Belo Horizonte ainda está entre as capitais do sudeste com menor custo de vida. Todo esse panorama fornece as bases para um ótimo curso, trazendo possibilidades de trabalho e qualidade de vida depois de formado.

Economia diversificada

Em geral, uma economia vasta e diversificada influencia a oferta de cursos das faculdades e universidades locais. No caso de Belo Horizonte, essa premissa é verdadeira, pois na cidade há opções de excelência em praticamente todas as áreas. Ela também exporta profissionais e pesquisadores para outras partes do país e do mundo, o que é um forte sinal da qualidade do ensino oferecido.

Não importa se as suas pretensões profissionais se concentram na área de Exatas, Humanas, Artes, Ciências Biológicas ou outras. A capital mineira tem estrutura e investimento em educação e cultura suficiente para abarcar diversos tipos de direcionamento profissional.

Assim, o seu sucesso acadêmico e no trabalho passam a depender apenas da sua capacidade e dedicação, e não são poucas as pessoas que começam a colher os frutos disso durante a graduação ou logo depois de formadas.

Belo Horizonte tem qualidades únicas tanto para quem pretende fazer um curso de graduação ou pós-graduação quanto para aqueles que vislumbram a oportunidade de uma nova vida, tendo os estudos como ponto de partida.

Se esse é o seu caso, saiba que a capital mineira tem muito a oferecer a você, e o que não faltam são motivos para fazer faculdade em BH. Essa cidade pode ser o começo de um universo de oportunidades!

Quer receber mais conteúdo com dicas de estudos, cursos de graduação, pós-graduação e outros? Então, aproveite para assinar nossa newsletter!

INSCREVA-SE PARA RECEBER NOSSAS NOTÍCIAS

Receba as novidades em seu e-mail

Fique por dentro dos  eventos, notícias e conteúdos da Faculdade Arnaldo.

Thank you! Your submission has been received!
Oops! Something went wrong while submitting the form.