Alunos
Candidatos
Thank you! Your submission has been received!
Oops! Something went wrong while submitting the form
Sistema AcadêmicoInscreva-se
CARREGANDO...
Artigo

Afinal, o que influencia a escolha da profissão e que caminho seguir?

Artigo

Afinal, o que influencia a escolha da profissão e que caminho seguir?

A escolha da profissão é uma decisão muito importante, que dever ser feita com bastante calma e análise. Muitos estudantes não têm certeza sobre qual carreira escolher, pois são muitas opções, diversas dúvidas e nenhuma resposta exata.

Essa dúvida tende a ser ainda maior se você acabou de terminar o colégio e precisa escolher rapidamente qual será o rumo de sua carreira. Portanto, o momento exige reflexão, sendo que a análise de diferentes aspectos é fundamental para alinhar a decisão com o seu perfil.

Neste artigo, vamos mostrar quais fatores influenciam a escolha da profissão. Além disso, traremos algumas dicas que facilitarão essa decisão. Acompanhe a leitura e aproveite nossas sugestões!

Quais fatores influenciam a escolha da profissão?

Existem diversos aspectos que tornar o processo de escolher o futuro profissional complicado, alguns deles pessoais e outros externos. Portanto, é importante conciliar esses dois mundos para decidir de forma consciente. Vamos conhecer alguns deles!

Dinheiro ou prazer

Uma das principais dúvidas está na busca por uma profissão que traga dinheiro ou prazer. Muitas vezes, as habilidades da pessoa e o interesse parecem ser de áreas não vistas como promissoras financeiramente. Por isso, é comum existir o questionamento entre um curso que trará mais lucro e outro que tenha mais a ver com você.

Não é sábio optar por uma área promissora, se você não tem identificação com essa atividade. Além disso, o mercado é dinâmico e nada garante que uma alternativa, hoje, rentável, permanecerá assim daqui a alguns anos. Lembre-se de que todas as carreiras oferecem a possibilidade de sucesso, portanto, é melhor buscar um meio-termo, trazendo mais prazer e felicidade.

Pressão da família

Outro fator que dificulta a decisão é a pressão da família. Os pais costumam ter sonhos para os filhos, como uma faculdade em determinada área ou seguir a mesma profissão do pai e da mãe. Essa opinião é importante, porém, a decisão final deve ser do estudante.

Gosto muito diversificado

Ter interesses muito diversificados não é nenhum problema, mas esse fator também dificulta a decisão. Desse modo, você pode estar imaginando agora que poderia gostar de atuar em diferentes áreas, criando um impasse difícil de solucionar. Nesse momento, é fundamental encontrar uma opção que utilize mais de um dos seus gostos, dando possibilidade de aproveitar ao máximo suas melhores características.

Medo de errar na escolha

O medo de errar pode ser paralisante e dificultar bastante esse processo, sendo interessante refletir sobre alguns pontos. O primeiro deles é que uma escolha profissional não é, necessariamente, para sempre. É possível que na sua trajetória, nova possibilidade e interesses apareçam, transformando a sua rotina e levando à outra graduação ou pós-graduação.

Além disso, dentro de uma profissão existem diversas possibilidades de atuação, dando a oportunidade de buscar uma recolocação, sem mudar de área. Entretanto, isso não significa que a escolha deve ser descompromissada, apenas sinaliza que é possível redirecionar o percurso, certo?

Como fazer a escolha da profissão de forma consciente?

Mesmo não sendo uma decisão fácil, algumas atitudes ajudam a direcionar a escolha de forma consciente, baseada em informações úteis sobre as preferências pessoais e oportunidades de cada profissão. Confira algumas dicas!

Exercite o autoconhecimento

O autoconhecimento é essencial para a escolha da profissão. Apenas se conhecendo bem, você será capaz de identificar suas preferências. É fundamental considerar que o trabalho ocupa uma parcela considerável do seu tempo e define muitos aspectos sobre o seu futuro, portanto, é necessário estar confortável com as obrigações de determinada carreira.

Por isso, é importante se identificar com os temas, as pessoas e os ambientes que farão parte do seu cotidiano. Isso pode ser feito ao analisar suas habilidades, revendo as matérias nas quais você tinha mais facilidade e gosto no colégio, além dos hobbies. Esses elementos facilitarão a sua decisão.

Pesquise sobre o mercado de trabalho

Antes de entrar em uma graduação, é essencial pesquisar sobre o mercado de trabalho da área desejada. Descobrir quais profissões estão em alta e quais são mais concorridas é uma informação que ajuda a prever cenários para o seu futuro.

Conheça bastante sobre a sua futura área de atuação para entender se esse é o caminho mais indicado. Isso pode ser feito por meio de conversas com profissionais do setor, ao buscar informações sobre o curso superior e ao pesquisar sobre as diferentes oportunidades que essa profissão oferece.

Procure informações como a remuneração média, os cargos que podem ser ocupados, exemplos de sucesso, empresas tradicionais e qualquer outro detalhe relevante para a sua escolha.

Faça testes vocacionais

Os testes vocacionais são uma boa fonte de informação sobre suas habilidades e ajudam na escolha da profissão mais adequada. Eles podem ser feitos em faculdades que oferecem orientação vocacional e em clínicas de psicologia especializadas nessa área.

Lembre-se de que os testes são fontes interessantes, mas não são estratégias milagrosas que tomam a decisão no seu lugar. Eles servem como uma ferramenta de apoio, facilitando a escolha mais consciente.

Defina prioridades

Os seus valores e princípios devem ser considerados nesse momento, portanto, defina prioridades que vão guiar as decisões tomadas. Algumas pessoas colocam a realização pessoal como o fator mais importante, enquanto outras preferem uma carreira focada nos ganhos financeiros.

É importante definir o que é fundamental para você. Analise elementos como a rotina da profissão, a necessidade de viagens, o tempo de trabalho, entre outros aspectos. Além disso, determinadas ocupações exigem mais da sua vida pessoal, comprometendo feriados, fins de semana e suas noites. Coloque essas informações na balança e escolha o que está de acordo com suas prioridades.

Neste artigo, vimos algumas atitudes que ajudam a diminuir as dúvidas na escolha da profissão. Esse é um momento de reflexão, que requer a análise de diversos fatores, como a afinidade com a área, as preferências, entre outros. Ouvir a opinião dos pais também é importante, porém, ela não deve direcionar sua decisão para um caminho fora de seu interesse.

Gostou de conhecer mais sobre este tema? Então, aproveite para assinar nossa newsletter e receba outros conteúdos relevantes para a sua carreira estudantil e profissional!

INSCREVA-SE PARA RECEBER NOSSAS NOTÍCIAS

Receba as novidades em seu e-mail

Fique por dentro dos  eventos, notícias e conteúdos da Faculdade Arnaldo.

Thank you! Your submission has been received!
Oops! Something went wrong while submitting the form.