Alunos
Candidatos
Thank you! Your submission has been received!
Oops! Something went wrong while submitting the form
Sistema AcadêmicoInscreva-se
CARREGANDO...
Artigo

Conheça 7 áreas do Direito para você seguir carreira

Formação

Conheça 7 áreas do Direito para você seguir carreira

O curso de Direito é um dos mais procurados por quem quer entrar na faculdade e é uma das graduações que mais abrem portas para os recém-formados. Tanto na carreira do setor privado quanto na do público, existem diversas áreas do Direito para serem escolhidas.

Independentemente do caminho seguido, cada campo de atuação exige níveis e cursos de especialização diferentes. É esse conhecimento que dá ao bacharel toda a base necessária para a sua atuação e o seu crescimento profissional.

No entanto, essa não é uma decisão fácil para quem está começando a trajetória no Ensino Superior. Por isso, é importante conhecer as áreas do Direito e refletir sobre os seus objetivos de vida. Confira os 7 principais campos de atuação e as características de cada um!

1. Tributário

Arrecadar recursos é fundamental para que qualquer país possa colocar projetos em prática. Esse capital é coletado por meio de tributos, como impostos, taxas e contribuições. Assim, o Direito Tributário é responsável por entender o sistema de tributação e os contribuintes. O objetivo é defender o cidadão das cobranças abusivas de impostos e garantir que o governo receberá corretamente o que é devido.

Essa área é muito valorizada em épocas de crise econômica. As empresas procuram maneiras de reduzir custos, que podem estar escondidos nos tributos. Por isso, é importante contar com um bom advogado para analisar a fundo e investigar se a organização não está pagando impostos a mais.

No entanto, a legislação tributária brasileira não é nada simples. O papel desse profissional é conhecer todas as taxas definidas pelo governo federal e pelos estados e municípios. Dessa forma, é possível orientar melhor e defender seus clientes.

2. Empresarial

Essa área do Direito estuda o conjunto de normas que prezam o bom relacionamento entre empresa, empresário e mercado. O advogado com tal especialidade cuida juridicamente da organização, garantindo que a sua atuação esteja de acordo com o sistema legal vigente, além de prevenir riscos e auxiliar na projeção estratégica de novas oportunidades no campo jurídico.

O profissional visa estabelecer e manter uma relação harmônica com todos os agentes que participam do ambiente corporativo, como colaboradores, consumidores, concorrentes e meio ambiente. O objetivo é preservar a justiça e a honestidade, seguindo as leis definidas no Código Penal.

Dessa forma, o advogado empresarial precisa ter uma visão bastante generalista e ampla das áreas jurídicas e do Código Civil Brasileiro para solucionar e prevenir quaisquer problemas legais que possam afetar o empresário, a empresa e seu entorno.

3. Penal

Agora, o assunto é o ramo do setor jurídico destinado a solucionar conflitos que surgem quando empresas ou cidadãos violam as leis. O advogado penal trabalha com processos que envolvem casos como roubo, assassinato e sequestro. Também lida com crimes contra a ordem previdenciária e tributária, a propriedade industrial e a economia popular, os delitos digitais e outras infrações.

O campo profissional é amplo para quem se especializa em Direito Penal. Uma possibilidade de carreira para quem se identifica com a área é a defensoria pública. Esse profissional defende pessoas que não têm condições de pagar por assessoria jurídica.

É possível ser procurador municipal, federal ou estadual. Para isso, o bacharel deve prestar concurso público e prova de títulos. Também é necessário comprovar experiência na área de advocacia.

4. Compliance

Essa área ganhou grande destaque nos últimos anos, especialmente após os diversos casos de corrupção e operações de investigação, como a Operação Lava-Jato. Nesse contexto, a inserção do Direito entrou em destaque, afinal, o advogado tem uma importante habilidade para o mercado: o conhecimento da legislação brasileira.

É comum, então, que cada vez mais profissionais da área sejam contratados para assumir cargos de Compliance, tanto em empresas quanto em assessorias e consultorias jurídicas. Alguns negócios já criaram setores específicos para esse tipo de serviço, como gerências, diretorias e centrais.

As atividades que o advogado que atua com Compliance passa a desenvolver envolvem:

  • analisar os problemas;
  • identificar os possíveis erros e as responsabilidades;
  • comunicar as irregularidades;
  • buscar formas de investigar, apurar e punir.

5. Previdenciário

O Direito Previdenciário tem um importante caráter social e visa garantir os direitos básicos dos cidadãos em relação à previdência social e à assistência social. O advogado previdenciário é responsável por atender, fiscalizar e acompanhar todos os atos e procedimentos necessários para garantir os benefícios direcionados aos segurados do INSS.

Com o propósito de alcançar os objetivos estipulados de maneira correta e justa para o trabalhador, o profissional da área pode ser contratado desde a abertura do pedido de aposentadoria. Sua missão é orientar e apresentar ao cliente as melhores ações a serem tomadas junto ao INSS.

Assim, o advogado evita que o benefício seja negado ou indeferido pelo sistema previdenciário. Além disso, o profissional também ajuda o trabalhador com a retificação dos cálculos de reajuste dos valores concedidos.

6. Trabalhista

A atuação que foca a seara do trabalho se baseia em um conjunto de leis que zelam pelo bom funcionamento dos vínculos entre trabalhadores e empregadores. É uma das áreas do Direito mais acionadas, pois afeta toda a população economicamente ativa de um país.

Em teoria, empregadores e empregados que estabelecem contratos laborais deveriam conhecer as leis trabalhistas que fundamentam o vínculo empregatício. No entanto, nem sempre isso acontece, portanto, existe até mesmo a Justiça do Trabalho para resolver eventuais pendências.

O advogado trabalhista atua ao lado daquele que se sente afetado por práticas que ferem as leis ou defende clientes que foram acionados judicialmente. Outra noção importante nesse ramo é a do direito individual e coletivo do trabalho, envolvendo questões como entidades sindicais que representam categorias profissionais.

É importante que o advogado trabalhista seja dinâmico, pois o mercado está em constante evolução. As transformações na comunicação e no fluxo de informações proporcionam, constantemente, panoramas inéditos no mercado.

7. Setor público

O setor público (ou serviço público) é uma área que oferece diversas opções para bacharéis em Direito. As vagas são preenchidas por meio de concursos públicos. Os interessados podem concorrer a cargos de:

  • juiz;
  • promotor de justiça;
  • defensor público;
  • procurador;
  • advogado da União;
  • desembargador;
  • delegado de polícia;
  • entre outros.

O mercado de trabalho e as áreas do Direito passam por constantes adaptações, devido às atualizações que ocorrem na legislação. Por isso, a reciclagem jurídica é uma necessidade imprescindível. Com tantas transformações, o profissional que estuda e busca o aperfeiçoamento tem grandes chances de lidar com diferentes situações que o cenário exige.

Gostou do assunto? Quer continuar atualizado e receber outras informações relevantes diretamente no seu e-mail? Então, assine a nossa newsletter!


INSCREVA-SE PARA RECEBER NOSSAS NOTÍCIAS

Receba as novidades em seu e-mail

Fique por dentro dos  eventos, notícias e conteúdos da Faculdade Arnaldo.

Thank you! Your submission has been received!
Oops! Something went wrong while submitting the form.