Alunos
Candidatos
Thank you! Your submission has been received!
Oops! Something went wrong while submitting the form
Sistema AcadêmicoInscreva-se
Artigo

12 dicas para não perder o ânimo para estudar em tempos de pandemia

Artigo

12 dicas para não perder o ânimo para estudar em tempos de pandemia

A pandemia do coronavírus mudou completamente os hábitos do nosso cotidiano, pois deixamos de realizar diversas atividades presenciais. No meio de tantos problemas, não é fácil manter o ânimo para estudar. Mesmo assim, é preciso encontrar forças para seguir o seu planejamento.

Afinal, apesar de todas as adversidades que a doença nos trouxe, é importante cuidar da sua saúde mental e continuar em busca dos seus objetivos acadêmicos e profissionais. Saiba que, com criatividade e, sobretudo, disciplina, é possível criar hábitos saudáveis de estudo e que serão essenciais para o seu desenvolvimento durante esse momento delicado.

Pensando nisso, traremos 12 dicas para ajudar você a manter a motivação para estudar em tempos de pandemia. Confira as nossas sugestões agora mesmo!

1. Encontre o método que mais funciona para você

Esse é um aspecto muito importante para trazer motivação para estudar. Não adianta se forçar a passar horas e horas na frente dos livros se você não estiver se sentindo confortável com esse método. Para resolver essa questão, é importante prestar atenção a si mesmo, buscando entender o que funciona da melhor maneira.

Portanto, vale a pena procurar o método que traz mais benefícios, que atende às suas necessidades e às demandas, além de ajudar você a manter a motivação para estudar. Não se esqueça de que o estudo individual é algo pessoal, por isso, somente você poderá compreender melhor como aproveitar e gerenciar o seu tempo.

2. Escolha um local de estudos adequado

Outro ponto que ajuda a manter a motivação para estudar é a escolha de um local adequado para esse momento. Quando a pessoa não encontra um ambiente ideal, onde não será incomodada por barulhos, movimentações e outras situações que atrapalham o foco e a concentração, fica dificílimo não procrastinar.

Se possível, encontre um local silencioso, arejado e aconchegante, que, inclusive, instigue a sua vontade de estudar. Além disso, é preciso contar com uma cadeira confortável e uma mesa com uma altura adequada para o seu corpo. Com os recursos apropriados, será mais fácil se concentrar e manter uma rotina saudável de desenvolvimento.

3. Defina horários de estudo

Definir horários de estudo contribui para que o hábito seja criado e mantido, mesmo em meio às adversidades que a pandemia traz. Assim, recomendamos que você descubra em quais períodos o seu rendimento é melhor, pois é mais inteligente estudar à noite, por exemplo, se, nesse momento, a sua concentração for maior.

Essa estratégia é uma forma de combater a procrastinação e manter a motivação para estudar. Quando a pessoa não tem um horário definido, deixa essa atividade para depois e, muitas vezes, nem realiza o que foi planejado. Portanto, criar um cronograma ajuda a manter a frequência e a qualidade do estudo.

Apenas tome cuidado para não estabelecer horários muito rígidos ou extensos, pois eles também prejudicam a qualidade da prática. É melhor definir um período viável e que seja produtivo, pois, assim, a motivação será reforçada cada vez que o cronograma for respeitado.

4. Determine as suas metas de estudo

Estudar sem nenhum objetivo é uma forma de perder o interesse e desistir rapidamente. Por isso, vale a pena determinar metas para direcionar esse momento. É por isso que sugerimos que você se planeje em curto, médio e longo prazo, buscando agir de acordo com o seu desejo.

Colocar essas metas em um papel ou dispositivo eletrônico é uma forma de lembrar constantemente do seu objetivo e de se motivar para continuar buscando o desenvolvimento pessoal e profissional. Lembre-se de que elas servem para motivar — ou seja, não devem ser encaradas como uma pressão.

Outro ponto com o qual é preciso tomar cuidado é para não determinar metas muito ambiciosas e irreais, que tirem a sua motivação e façam você desistir dessa caminhada. Trace pequenos passos e, à medida que eles forem concluídos, estabeleça desafios maiores. Não tenha medo de refazer o planejamento, se necessário. Se for preciso, não hesite: recue e adote novas estratégias.

5. Evite distrações

As distrações são grandes vilãs de quem estuda em casa, principalmente no momento em que estamos vivendo. É muito fácil deixar os estudos de lado por uma notificação no celular, um programa interessante na televisão ou pela vontade de assistir à sua série preferida, não é mesmo?

Essas atividades de relaxamento são importantes, no entanto, devem ser feitas durante as pausas e em outros momentos de descanso. Quando esses elementos tiram a sua concentração e fazem você perder tempo, é normal desanimar, já que parece que o estudo não está rendendo. Portanto, reduza a possibilidade de que essas distrações aconteçam.

Para isso, você pode silenciar o celular, deixar a televisão desligada e conversar com outros moradores de sua casa, pedindo que eles não interrompam os seus estudos. Essas atitudes vão contribuir para a sua concentração e trarão mais qualidade para o período, favorecendo a compreensão e a evolução.

6. Conte com o auxílio de ferramentas tecnológicas

As ferramentas tecnológicas fazem parte do nosso cotidiano, assim, nada melhor do que utilizá-las para estudar. Existem várias alternativas interessantes para tornar o estudo mais atrativo e dinâmico, sendo importante encontrar aquelas que contribuem para o seu método de aprendizado.

A internet oferece inúmeros canais do YouTube, além de conteúdos interativos e outros materiais que podem qualificar os seus estudos. Além disso, existem aplicativos que ajudam a organizar o seu cronograma, contribuem para a seleção do que será estudado e servem como uma agenda. Tais funcionalidades podem facilitar o seu dia a dia e melhorar a motivação para estudar.

7. Valorize as pausas

Seguir o cronograma e manter a motivação é importante, mas as pausas também são fundamentais para esse momento. Em meio aos problemas diários e ao estudo, é importante reservar tempo para fazer aquilo de que você gosta, como ler um livro, assistir a um filme, descansar ou preparar um lanche especial.

As pausas são importantes para manter a sua saúde mental e evitar o estresse pelos estudos. É melhor dedicar menos tempo às matérias, mas sendo produtivo, do que se desgastar pelo excesso. Portanto, organize a sua rotina e valorize os períodos de descanso, dando tranquilidade para a sua mente e para o corpo.

8. Aposte em um sistema de recompensas

O que acha de criar um sistema de recompensas pelos seus esforços nos estudos? Depois de atingir uma meta importante, você pode estabelecer uma recompensa que será legal para você. Comece com algo simples, como assistir a uma temporada daquela série que você adora ou comer aquele doce especial.

9. Adote uma mentalidade positiva

Adotar uma mentalidade positiva é fundamental para manter a motivação para estudar, especialmente durante um momento tão delicado, como uma pandemia. Talvez, você se depare com períodos de frustração e cansaço e até tenha vontade de desistir, mas é preciso respirar fundo e encontrar novas formas de encarar as adversidades.

10. Liste os aprendizados do dia

Listar os aprendizados do dia ajudará você a manter a motivação para estudar e é uma forma eficiente de registrar o que vem aprendendo. Além disso, a estratégia permite que você acompanhe de perto o seu progresso, contribuindo para que aperfeiçoe constantemente o cronograma de estudos. Faça disso um hábito diário e aproveite para reconhecer as suas conquistas, especialmente as pequenas, tudo bem?

11. Utilize mapas mentais

O mapa mental é um recurso interessante para melhorar a memorização dos conteúdos. Dentre tantos benefícios, essa técnica de estudo ajudará você a organizar as suas ideias, desenvolver a criatividade e melhorar o seu planejamento.

Algumas ferramentas tecnológicas são perfeitas para a criação de mapas mentais. Confira, a seguir, as principais:

12. Cuide de sua saúde

Se a sua saúde não estiver em dia, será difícil manter a motivação para estudar, afinal de contas, ninguém consegue dar o seu melhor se estiver cansado ou até doente, não é mesmo? Por isso, recomendamos que, além de respeitar o seu corpo e descansar, você pratique exercícios e prefira uma alimentação mais saudável no dia a dia.

É importante respeitar os limites do seu corpo e saber o momento certo de parar para relaxar ou se alimentar, por exemplo. Ao cuidar do básico, você evita problemas, não se desgasta e consegue aprender em um ritmo mais natural e tranquilo.

Pronto! Você já sabe como é possível manter a motivação para estudar. Por fim, listamos, a seguir, alguns pontos que indicam que você está aproveitando bem o seu tempo de estudo e aprendendo de verdade. Confira agora:

  • você consegue cumprir o seu plano de estudos;
  • você se concentra com mais facilidade e rapidez;
  • você refez provas, testes ou simulados anteriores e conseguiu bons resultados;
  • você é capaz de ensinar conteúdos a outras pessoas.

Neste artigo, trouxemos dicas essenciais para ajudar você a manter a motivação para estudar, mesmo em meio à pandemia. Acreditamos que, ao colocar esses hábitos e atitudes em prática na sua rotina, você terá mais foco e concentração para continuar o seu desenvolvimento pessoal e profissional.

Lembre-se, também, de cuidar da sua saúde física e mental, como mencionamos, pois ela influencia diretamente a qualidade dos estudos, garantindo o desempenho máximo e bons resultados.

Se você gostou das nossas dicas, compartilhe este post em suas redes sociais! Assim, você mostrará aos seus amigos que é possível manter a motivação para estudar em tempos de pandemia.

INSCREVA-SE PARA RECEBER NOSSAS NOTÍCIAS

Receba as novidades em seu e-mail

Fique por dentro dos  eventos, notícias e conteúdos da Faculdade Arnaldo.

Thank you! Your submission has been received!
Oops! Something went wrong while submitting the form.